26 anos da lei de cotas com avanços que vão muito além da inclusão no trabalho

No mês de julho completamos 26 anos da Lei conhecida como Lei de Cotas. Uma legislação que contribuiu e contribui para grandes avanços no processo de inclusão pois centenas de milhares de pessoas com deficiência foram incluídas no mercado formal, o que transformou radicalmente o ambiente nas grandes empresas.

Mas os ganhos não ficam só no número de contratações de profissionais com deficiência, pelo contrário, a inclusão no trabalho se mostrou um forte catalizador do processo da inclusão plena da pessoa com deficiência na sociedade.

A partir do movimento das empresas, pessoas cegas, surdas, com deficiência física ou intelectual, passaram a sair de casa com mais frequência, tirando da invisibilidade os inúmeros atrasos que temos em relação à acessibilidade, seja nas calçadas e nos transportes, seja em nosso processo educacional, que, durante muito tempo ignorou o desafio de incluir o aluno com deficiência.

Outro ganho importante foi o empoderamento que a inclusão profissional trouxe, já que as pessoas com deficiência passam a ter renda, e consequentemente, serem respeitadas como consumidoras. Cada vez mais marcas desenvolvem campanhas de comunicação mais inclusivas a fim de atingir também este público.

O avanço mais importante que a inclusão econômica trouxe foi a maior convivência entre pessoas com e sem deficiência. Isto contribuiu para que inúmeros preconceitos e paradigmas fossem quebrados ou diminuídos, tornando o processo de inclusão social um pouco mais natural.

 

 

A lei de cotas pode sim melhorar, para incentivar a inclusão das pessoas com deficiências mais acentuadas, além de criar mecanismos que reconheçam as empresas que tenham profissionais com deficiência em posições de liderança, já que, para a cota, o peso de se ter um diretor com deficiência é exatamente o mesmo de se ter um auxiliar, desta forma contribuindo para a associação entre profissionais com deficiência e baixa qualificação.

A gente sabe que tem muita coisa ainda pra fazer mas a lei de cotas é um instrumento fundamental para a inclusão econômica e social de milhões de pessoas com deficiência no Brasil. Mais inclusão, por favor! <3

Kelly Sá

Amante da arte, das palavras. Adora crianças, cachorros e gatos. Formada em Letras, adora trabalhar com conteúdo, fazendo das palavras o seu brinquedo preferido.