Ela tem um Plano: Camila Barbosa

Talvez, se você cruzar com Camila Barbosa pelas ruas da Vila Madalena – seu bairro, não imaginará o quanto esta menina de voz meiga, sorriso alegre e cabelos avermelhados já ralou. Ela venceu um câncer recentemente e já quebrou e se reergueu 2 vezes, com paixão por empreender e brilho nos olhos. Já passou bons bocados e hoje inspira nossa página com seus aprendizados e conquistas.

Plano2

De uma maneira totalmente não planejada, ela abriu sua empresa em 2007, desistindo da carteira assinada e estabilidade, para criar sua escola de idiomas. De cara, percebeu o quanto é difícil empreender, perdendo seu principal cliente – uma empresa a qual ministrava aulas de inglês.

“Foi um baque enorme. Tive que “botar a viola no saco” e sair atrás de novos alunos. Naquele momento, eu só pensava em conseguir alunos novos pra poder pagar as contas”, diz. Sem clientes e sem grana, ela teve que começar do zero de novo. Aprendeu na raça a mexer em photoshop e wordpress, criou o site de sua empresa, a Evolve Languages e uma metodologia de ensino cativante. Ela é personaliza aulas de inglês e português para cada aluno. Levando em conta o perfil do aluno e objetivo com o aprendizado da nova língua. O negócio começou prosperar e  sua empresa ter lucros e aumentar equipe. Estava tudo dando certo, quando Camila descobriu um câncer na tireóide – uma notícia que a fez desacelerar e cuidar de sua saúde. Imprevistos da vida. Após se recuperar da cirurgia, Camila já estava pronta para voltar a fazer seus planos acontecerem e cheia de garra e coragem. “Dessa vez com uma nova garra, meu pensamento era só “vai dar certo, é isso que eu quero”.

Ela sabia onde queria chegar e não desistiu: “A Evolve teve muitas fases, eu perdi quase tudo duas vezes e tive que me reerguer, mas agora eu sei que estou trilhando o caminho certo – porque eu tenho certeza que é esse o caminho a percorrer. Não tenho e nem nunca tive nenhum investimento, montei a empresa sozinha e sem recursos, na unha mesmo, e foi difícil. Mas com certeza valeu a pena. Trabalho com pessoas ótimas, profissionais comprometidos e interessados, boa parte dos nossos clientes vêm de indicações – sinal de reconhecimento do nosso trabalho – e queremos crescer mais, juntos”, comemora.

Para Camila, empreender é  trabalhar com o que gosta, mesmo com todos os percalços do mundo, e querer fazer certo, querer fazer crescer, nem que seja com passinhos pequenos. “Aceite que todo negócio tem fases. Boas e ruins. E na fase boa temos que nos preparar pra fase ruim”, ensina. <3

Viviane Duarte

Fundadora

Jornalista e Fundadora do Plano Feminino. Sua paixão está em criar estratégias que inspirem e gerem conexões com propósito por meio de conteúdos e projetos especiais que promovam a igualdade de gênero e o empoderamento feminino na publicidade e sobretudo, na sociedade.