A beleza da Fibrose Cística: ame suas marcas!

Acreditamos que a melhor forma de combater preconceitos é com informação e a informação pode ter muitas formas, seja um texto, uma música, um vídeo ou um ensaio fotográfico, como o que vamos mostrar abaixo feito pelo diretor e fotógrafo Ian Pettigrew.

Após ser diagnosticado com Fibrose Cística (FC), a doença genética letal mais comum no Brasil, percebeu que o assunto era pouco abordado e resolveu que queria mudar isso através de seu ensaio “Salty Girls”.

No Brasil, essa doença atinge cerca de 1 a cada 10.000 pessoas, sendo a incidência maior no Sul e Sudoeste do país.

O objetivo das imagens é mostrar que a FC vem em todas as formas e tamanhos, e que a beleza e força pode ser encontrada mesmo em meio a dor. As fotos visam criar visibilidade, aumentar a conscientização e expandir nossas idéias coletivas de beleza.

Segundo Pettigrew, nosso corpo é o mapa de tudo o que passamos e deve ser parte do que nos torna tão incrível. Nossas cicatrizes, nossas histórias, nossas lutas, nossos triunfos. Todos os corpos são belos e dignos de nosso amor e apreço, e “Salty Girls” é o lembrete perfeito de como isso é verdade.

Mais de 60 mulheres já mostraram orgulhosamente suas marcas para o ensaio. Apesar das fotos terem foco no gênero feminino, vale lembrar que a doença atinge ambos os sexos e de qualquer idade.

250201_orig

1330327_orig

1859450_orig

2874034_orig

5144733_orig

7314840_orig

9158787_orig

Curiosidade: a escolha do nome deve-se ao fato de que um dos seus sintomas é o aumento dos níveis de cloreto no suor, tornando o portador da doença mais “salgado”.

Ana Victorazzi

Jornalista

Apaixonada por café, cor laranja e animais. Formada em jornalismo e mãe de dois gatos, acredita na bondade das pessoas.