Amamentação do amor: Papa incentiva mulheres a amamentar em público

Sempre que aparece uma mulher com os seios para fora, amamentando seu filho, sempre tem algum pra apontar os dedos e oferecer todo seu discurso cheio de pudores. Bom, vamos lá, mores… amamentar não é crime, não é pecado, não é obsceno, muito pelo contrário, é um ato de amor e errado está quem vê algum tipo de maldade em um gesto tão lindo da natureza humana. Então, só digo uma coisa a vocês: apenas parem com esse discurso totalmente sem sentido.

Cada vez mais parece necessário fazer campanhas a favor da amamentação, para que as mulheres não se sintam recriminadas por olhares e palavras acusadoras diante de um ato tão singelo. Agora, até mesmo o Papa no último domingo, dia 7, fez uma declaração incentivando as mulheres a amamentarem seus filhos em público durante a tradicional missa de batismo anual realizada na Capela Cistina.

“Se eles começarem a dar um show [de choro], ou estiverem desconfortáveis ou com muito calor, ou se sentirem fome, não tenham medo, amamentem-nos, alimentem-nos, pois esta também é a linguagem do amor”, disse Francisco.

O discurso do Papa é importante pra disseminar a importância da amamentação para a mãe e para o bebê, também serve para tirar o estigma de que amamentar em lugar público é feio, ou que expõe a mulher.

 

 

Mores, deixem as mulheres amamentarem onde e quando quiserem! Nós dizemos isso há muito tempo, tantas outras mulheres também e o Papa vem agora pra ajudar a reforçar isso. Se você se incomoda com uma mulher amamentando em público, o problema está em você. Pense nisso!

 

Redação

Produzido por uma equipe cheia de Planos para compartilhar.