Cinco lições que podemos aprender com a Rafaela Silva

Uma menina pobre e da favela, que por conta de tanta energia e mal criação foi levada pela mãe a uma Associação de bairro. A mãe estava em busca de um esporte para a filha descarregar sua agitação. Não tinha futebol, seu esporte preferido. Sobrou o judô e ela ficou. Tinha 5 anos de idade e já sofria bullyng e racismo. Aprendeu a focar no que queria, foi construindo sua história. Golpe a golpe. Aprendizado por aprendizado. Dizem que no judô aprender a cair é o primeiro passo para um bom jogador. Ela aprendeu. Caiu lá em 2012, num golpe equivocado que a fez sofrer na pele todo tipo de humilhação.

“Macaca.  Sapatão. Vergonha. Favelada.”

Muita gente cai e não levanta mais. Ela levantou e focou no seu plano: 2016.

rafaela-silva-judi-brasil

 

Quem via a Rafaela Silva nesta luta, com a boca seca e o olhar fixo de quem está com sede de vitória, se arrepiava. Tinha certeza de que ela não estava ali pra brincadeira. Preta, Favelada e sapatão, ela sabia que representava a minoria de seu país e estava ali pra isso.

Foco. Garra.  Superação.

Quando a gente tem um plano e acredita nele, não interessa o nosso lugar de origem, mas sim aonde a gente quer chegar. Isso vale para cada uma de nós, para cada um de nossos planos.

Nesta vitória – PRIMEIRO OURO DAS OLÍMPIADAS – tiramos cinco grandes aprendizados:

rafaela-silva-e-campea%cc%83-olimpica

1. Não importa o seu lugar de origem e sim o lugar aonde você deseja chegar.

caiu-levanta

2. Aprenda a cair e levantar.

on Day 3 of the Rio 2016 Olympic Games at Carioca Arena 2 on August 8, 2016 in Rio de Janeiro, Brazil.

3. A atitude escrota das pessoas não podem abalar o seu caráter. Continue de cabeça erguida.

medalha-de-ouro

4. Para cada ato racista e sexista existe uma mulher forte e destemida, que luta com as armas que tem nas mãos:
coragem, fé e audácia para realizar seu planos!

lute-como-uma-menina
5.  Insista e lute como uma garota!

 

Parabéns, Rafaela Silva. Avante!

Viviane Duarte

Fundadora

Jornalista e Fundadora do Plano Feminino. Sua paixão está em criar estratégias que inspirem e gerem conexões com propósito por meio de conteúdos e projetos especiais que promovam a igualdade de gênero e o empoderamento feminino na publicidade e sobretudo, na sociedade.