Cineasta e psicóloga dirigem documentário sobre depressão pós-parto

Recebemos por estes dias um inbox contado sobre o documentário “Retalhos da Maternidade”, um longa metragem que trata de um assunto atual e importante: Depressão Pós-Parto.

Dirigido pela cineasta Kit Menezes e a psicóloga Patricia Olandini, conta a história de mulheres que passaram por isso e pretende narrar situações reais vividas por elas durante a preparação de uma festa de aniversário para seus respectivos filhos.

Na última semana, inclusive, o Brasil Post escreveu uma matéria esclarecedora e muito honesta sobre isso, pois está uma realidade negada a muitas pessoas e os resultados podem ser bastante sérios.

Em seu artigo “Depressão pós-parto: Precisamos admitir que maternidade não é ‘dom natural'”, traz números, relatos e especialistas para apresentar de forma concreta o tema e indicamos esta leitura, que pode ser excelente para desmistificar essa questão em nossa cultura que ainda é bastante exigente e pouco flexível com o papel de mãe.

“Como uma grande amiga diz, a maternidade não é natural, pelo menos não para todas. É algo construído a duras penas. Implica doação, abrir mão da própria vida em alguns momentos. Às vezes, é quase insuportável. E isso nada tem a ver com amor“, explica a jornalista Mariana Garbin em entrevista ao Brasil Post.

A atriz Marina Rigueira, que participou do filme Cães Famintos,, em que sua personagem Helena sofria de Depressão Pós-Parto, compartilhou sua opinião sobre o tema também.

E para viabilizar o projeto, está rolando um financiamento coletivo:

Redação

Produzido por uma equipe cheia de Planos para compartilhar.