Dicas para volta às aulas das crianças com lancheira prática e saudável

Peso compatível com a idade! Parece simples, mas atualmente é preciso controlar a alimentação desde pequenininho pra que os pequenos cresçam saudáveis.

E antes que as crianças comecem a conhecer e abusar dos alimentos calóricos, a médica nutróloga Dra Ana Luisa Vilela, dá algumas dicas de como iniciar bons hábitos com a lancheira escolar nessa volta às aulas.

”Geralmente o lanche escolar é uma refeição intermediária, que serve para dar energia à criança entre duas refeições principais, por isso não precisa ter exagero nas calorias. Para simplificar, o ideal é que ele contenha: uma porção de carboidratos – para fornecer energia; uma porção de lácteos – que contém proteínas; uma porção de frutas ou legumes – que são os responsáveis pelas fontes de vitaminas, fibras e minerais, e uma bebida para hidratação”, diz.

Principalmente nos dias quentes, a médica fala que é melhor optar por alimentos naturais e frescos, excluindo totalmente os refrigerantes, industrializados com excesso de conservantes e os doces.

 

 

Para ajudar a compor uma lancheira prática e saudável, a médica deixa uma lista com dicas, mas lembra que tudo deve ir para escola em lancheiras e garrafas térmicas e sempre dar preferência para os alimentos da época – que além de mais baratos são sempre mais frescos.

Carboidratos: Pães integrais – tipo bisnaguinhas ou pão de forma ou tortas caseiras com legumes.

Lácteos: Iogurte, queijinho processado, requeijão ou creme de ricota

Frutas ou legumes: Uvas, morangos, maçã ou pera picadinhas.

Bebidas: Leite fermentado, Água de coco ou suco natural.

 

Agora é só preparar os lanches da criançada de acordo com essas dicas pra que eles tenham uma alimentação gostosa e saudável todos os dias.

 

Redação

Produzido por uma equipe cheia de Planos para compartilhar.