Festival Latinidades debate racismo e empoderamento da mulher negra

Em sua 10ª edição, o Festival Latinidades, começou no dia 27 e irá até o dia 30/07, em Brasília com foco em discussões de luta contra o racismo e empoderamento da mulher negra. O evento contará com mostra de cinema, mesas-redondas, lançamentos de livros, desfile de moda e até comédia stand-up.

 

“A gente acredita que este é um projeto transformador. Pela garra e pelo amor, a gente resolveu manter o festival.”, diz Bruna Pereira, uma das organizadoras do evento.

 

Pra comemorar o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, as organizadoras do evento fizeram um esquenta nos dias 25 e 26/07, com roda de conversa, inauguração da exposição “Cidade é feminina”, criação da Cia Bisquetes, gravação do DVD de 25 anos de carreira da rapper Vera Verônika e exibição do filme Peregrinação, no Cine Brasília.

 

 

O tema do festival Latinidades deste ano é “Horizontes de liberdade: afrofuturismo nas asas da Sankofa” (termo que simboliza o resgate ao passado). Com isso, haverá mesas-redondas pra debater as memórias, miragens do futuro no presente, ativismos das mulheres negras e a participação delas em mercados como ciência, tecnologia, moda e estética.

 

 

Kelly Sá

Amante da arte, das palavras. Adora crianças, cachorros e gatos. Formada em Letras, adora trabalhar com conteúdo, fazendo das palavras o seu brinquedo preferido.