Ela tem um Plano: apoiar a participação feminina no mercado de HQ's

Toda semana o Plano Feminino trará histórias de mulheres incríveis que farão parte do Social Media Week compartilhando suas histórias e seus Planos.

Gabriela Franco é uma mulher cheia de planos.  Formada em Comunicação Social pela Cásper Libero e cineasta. Atuou durante anos como produtora e roteirista para TV e cinema e, em 2015, criou o MinasNerds, uma iniciativa que tem o objetivo de dar protagonismo às mulheres no mercado geek e nerd.

Nesta entrevista, Gabi fala sobre a importância e a dificuldade de atuação das mulheres no mercado de HQ’s.  Ela irá mostrar no palco do SMWSP o papel feminino na cultura pop nos últimos anos e como este movimento influencia as mídias.

“Fale. Lute, aponte o machismo, denuncie. Seja agressiva se precisar ser. Ajude, apoie e compartilhe iniciativas de outras mulheres porque o machismo conta com a ideia de que mulheres são dispersas, competitivas e não colaborativas e isso nos enfraquece.”

Minasnerds-gabriela

Qual sua percepção sobre o mercado que atua e como as mulheres estão inseridas nele?
Nos últimos anos a participação da mulher no mercado de cultura pop/nerd tem crescido muito e isso é maravilhoso. Mas desde que comecei o caminho tem sido bem árduo. O reconhecimento chegou agora, depois de 15 anos. Muito tempo, não? O meio ainda é muito machista, misógino e paternalista. Sempre estivemos presentes e fomos sumariamente ignoradas e silenciadas. O que mudou é que agora vemos alguns veículos de mídia que antes eram declaradamente machistas “pedindo a colaboração” de mulheres. Até que ponto isso é desconstrução ou oportunismo por se darem conta que o mercado mudou e grande parte dele é composto por mulheres, com poder decisório e de compra, nunca vamos saber. Cabe a nós ocupar o lugar de fala e fazê-lo valer. O que vale é a mensagem, não o mensageiro.


Conte pra gente sobre o tema que você levará para o SMWSP.
Eu e minhas amigas do MinasNerds, Nath Vilya, Gabriela Coligno e Sylvia Ferrari vamos levar uma palestra que visa questionar e apontar o papel da mulher na Cultura Pop na última década e colocar em perspectiva as efervescentes discussões acerca da temática e ter como eixo mulheres que têm influenciado a Cultura Pop de 10 anos para cá. Sugerir diálogo, que longe de ser definitivo, abre oportunidades múltiplas de conhecimento e conscientização feminina e analisar como esse empoderamento tem refletido e repercutido em todas as formas de comunicação e mídia.

Qual seu plano e qual a dica para as mulheres ocuparem seus espaços por direito?
Fale. Lute, aponte o machismo, denuncie. Seja agressiva se precisar ser. Ajude, apoie e compartilhe iniciativas de outras mulheres porque o machismo conta com a ideia de que mulheres são dispersas, competitivas e não colaborativas e isso nos enfraquece. Divididas caímos 🙂

Aqui você pode se cadastrar para ir assistir a palestra da Gabi: 

Redação

Produzido por uma equipe cheia de Planos para compartilhar.