Mulheres lideram no mercado de fintechs

Cristina Junqueira, Nubank.

O setor de fintechs (empresas de tecnologia financeira) está em ascensão vai revolucionar o mercado financeiro em todo o mundo. Em menos de um ano, o número de fintechs cresceu de 130 para 244 no Brasil, crescimento de 87%, segundo dados levantados pelo FintechLab.

Além das facilidades da tecnologia e da internet para oferecer serviços financeiros, as novas empresas têm inovado em outros aspectos, principalmente na proposta de valor que apresentam.

Simplicidade e praticidade são os principais atributos que vão desde o início de relacionamento com seus clientes, prezando pela desburocratização e mobilidade, e permeando todo o processamento das transações com rapidez, flexibilidade e transparência no acesso às informações.

Isso tudo, sem abrir mão da proximidade, facilidade e informalidade no atendimento aos clientes, cultivados de forma genuína através, primordialmente, de canais digitais.

Além disso, diferentemente do que se vê no tradicional e “masculino” setor financeiro e bancário do País, fintechs como Nubank, Dindin, Kickante são lideradas por mulheres.

Stephanie Fleury, 32, é CEO do Dindin, aplicativo mobile que permite que pessoas enviem ou cobrem quantias, que são debitadas diretamente do cartão de crédito cadastrado pelo usuário.

Viviane Sedola é co-fundadora da Kickante, maior plataforma brasileira de financiamento coletivo.

Cristina Junqueira, 33 anos, co-fundadora e VP do Nubank, é a única brasileira entre os três sócios da empresa.

A chegada de uma nova empresa no setor com uma proposta de valor inovadora reforça a mudança que as fintechs estão fazendo no Brasil e no mundo.

Esse novo formato que conecta tecnologia, inovação, humanização e o sistema financeiro está transformando profundamente cada aspecto da relação de pessoas e empresas com suas finanças.

Liliane Ferrari

Jornalista, consultora e professora de Mídias Sociais do UOL, Escola Cuca, Ecommerce School, Quero Ser Social Mídia, Plugcitarios, e eduK. Apontada como uma das 10 mulheres mais influentes da internet brasileira pelo iG. Com passagem por empresas como Petiscos, LiveAd, Editora Trip, Editora Alto Astral, TV Globo, Time4Fun, C&A, O Boticário, Colgate, Santander, Facebook, entre outras.