Ela tem um Plano: garantir mais presença da mulher negra na publicidade

Toda semana o Plano Feminino trará histórias de mulheres incríveis que farão parte do Social Media Week compartilhando suas histórias e seus Planos.  Nadja Pereira é jornalista, atua em mídias sociais e publicidade há 8 anos e bateu um papo com a gente para sobre a sua trajetória profissional e sua palestra no Social Media Week.  Nascida em Salvador, no bairro da Liberdade – maior bairro negro da América Latina. Batalhou bastante para conseguir realizar o sonho de se formar na universidade – inspirada por Oprah –  e chegou lá.  Ela vai falar das conclusões de sua pesquisa sobre a diversidade nos canais de beleza do YouTube e sobre a importância da representatividade na propaganda.

“Representatividade não é favor, é obrigação.”

Neste papo dá para perceber que  Nadja levará ao palco muitas questões importantes e que precisam ser discutidas:

pele-negra (1)
Conta pra gente sobre sua trajetória pessoal e profissional até aqui.
Eu sou jornalista de formação, mas estou na área de mídias sociais e publicidade há uns 9 anos. Cheguei a ser estagiária de jornalismo impresso e aprendi muito, mas conteúdo digital sempre me fascinou. Como as marcas enxergaram esta área primeiro, eu acabei me tornando redatora de mídias sociais e trabalhei em diversas agências desde que me mudei para São Paulo.

Como as mulheres estão inseridas neste mercado?
Eu adoro contar que quando eu era adolescente, eu conheci a Oprah, uma grande referência na televisão –  e passei horas no site “Cadê?” (lembram?) tentando ler em inglês sobre ela. Nunca quis ser ela, mas sim eu mesma numa posição parecida. Depois de ler sobre sua história, eu descobri que poderia ser ambiciosa: como querer sair da periferia, por exemplo, e ocupar outros espaços que tradicionalmente não há mulheres negras com grande destaque – e que não há problema nisso.

Conte sobre o tema que você levará para o SMWSP.
No ano passado eu realizei uma pesquisa sobre diversidade em canais de beleza do YouTube. Eu trabalhava em um app em que o termo “beleza negra” tinha sido o mais buscado pelas assinantes.  Aquilo ficou na minha cabeça porque sempre entrava no YouTube das marcas e via pouca presença negra (mesmo com informações amplas sobre o consumo da nova classe média). Resolvi investigar, fiz o recorte, descobri muito mais coisas do que eu imaginava e publiquei a pesquisa. Minha palestra será sobre as conclusões que eu tive ao realizá-la.

Qual seu plano e qual a dica para as mulheres ocuparem seus espaços por direito?
Tenho muitos planos e eles são ambiciosos. Penso neles todos os dias assim que saio da cama –  me ajuda a ter foco. Descobrir o que você quer fazer é a primeira parte do processo, porém nós, mulheres, temos que aprender a exercitar a autoestima, se sentir capaz de realizar coisas grandes e seguir em frente.

Aqui você pode se cadastrar para ir assistir a palestra da Nadja:

Redação

Produzido por uma equipe cheia de Planos para compartilhar.