O que acontece quando nos unimos?

 

Este post tem o apoio da Liberty Seguros

 

Cada uma de nós tem um sonho, uma expectativa sobre os planos que criamos e cultivamos dentro de nós. Sonhar é muitas vezes um ato solitário. Quem nunca foi desencorajada a continuar a acreditar que podia? Nunca ouviu que isso não era para você e que era melhor ter um “Plano B” e desistir? Quando a gente tem um plano, muitas vezes está claro em nossa cabeça cada degrau que iremos conquistar, mas para as pessoas à nossa volta tudo parece não fazer sentido. E sabe por quê? Porque cada um tem dentro de si seus desejos e ideias do que é ou não possível. Tem uma frase que gosto muito que diz: “Desconhecendo que era impossível ele foi lá e fez.”

 

É exatamente isso! Quando focamos no sonho, no desejo e plano que temos, nada parece impossível, mas para que isso se materialize é preciso muito esforço e sobretudo, fé em nós mesmas. Quantas vezes você se olhou no espelho e disse: Mulher, você é foda! ?
Às vezes, ou melhor, sempre, temos de nos colocar no topo. Sem reservas.

 

Acreditar em quem somos, nos capacitar e explorar nosso potencial para realizarmos. E uma das coisas mais importantes que venho entendendo a cada dia e que, mesmo que cada uma de nós tenha sonhos individuais, nossa jornada não precisa ser solitária.

 

Podemos nos unir na diferença e somar esforços e skills para criar uma rede de colaboraçāo, onde possamos nos fortalecer, gerar negócios e crescer juntas.
Há alguns meses fui convidada pela Liberty Seguros para fazer parte de um projeto onde o objetivo era criar uma rede de mulheres empreendedoras e transformar esta rede em um espaço de acolhimento, troca de experiências, mentoria e muitos planos realizados.

 

Criamos o “Mulheres Seguras” na plataforma do LinkedIn e iniciamos um movimento que superou todas as expectativas. Falamos sobre autoestima, confiança, vida pessoal, plano de finanças, derrotas, plano de negócios, superações, construção de imagem e muitos outros temas, num espaço onde todas se sentem seguras para compartilhar e somar. A cada dia eu ia percebendo o grupo crescer. As mulheres chegavam. Cada uma com sua bagagem, seu astral, sua dor, seu plano em construção ou desconstrução. Tão diferentes umas das outras, mas ao mesmo tempo, tão iguais e sua força e luta para realizar.

 

Em algumas semanas éramos mil e o grupo continua crescendo. A cada matéria que eu escrevia, sentia que precisava ser melhor e fazer o melhor. Sabia que era importante e necessário que ali estivessem dicas práticas, sem frescura e termos muito complexos e me desafiava a ser a melhor mentora que pudesse, pois sei a importância que tem um plano que está na mente, no coração e nas mãos de uma mulher.

 

Um plano realizado muda vidas e não apenas de nós, mas de todas as pessoas que estão à nossa volta. Assim somos nós, mulheres, e isso que nos tem feito resistir e fazer o que tem de ser feito.

 

Nestes materiais que ia gravando e escrevendo consegui trazer meus 14 anos de mercado como executiva e empreendedora. E neles, me lembrava exatamente como passei cada fase para chegar até aqui. Vi que sim, tudo o que passamos tem um propósito e cada barreira se torna aprendizado. Basta escolhermos o que iremos fazer quando estamos diante dela.

 

Antes de ser jornalista e executiva de grandes empresas, antes de ser fundadora do Plano Feminino e Plano de menina e construir tudo o que tenho hoje, já fui televendas, vendedora de loja, de bolos, sapatos… já abri uma clinica estética no fundo de casa, uma empresa de café da manhã, de venda de congelados. Já dei aula de teatro para a terceira idade, para crianças… tudo isso veio à minha mente como um filme e a cada dica que podia passar a vocês entendia porque estava aqui com toda segurança e conteúdo para ser mentora de vocês e ajudá-las a seguir em frente. Mulheres com modelos de negócio de A a Z, cada um com sua complexidade. Tudo tem um propósito.

 

 

 

 
Estou feliz por ter superado cada etapa que passei e avançado. Feliz por ter encontrado em minha trajetória mentoras que me empurravam e me motivavam a insistir – minha mãe foi a maior delas. Feliz porque fui ousada e acreditei que era possível fazer com o que eu tinha nas mãos. Mas sobretudo, por sempre ter paixão por trabalhar em rede. E hoje poder ser a iniciadora de um movimento lindo que surge no Mulheres Seguras.

 

Das mais de mil mulheres que temos no grupo, selecionamos 100 para receberem mentoria 1 a 1 comigo e destas, escolhemos 20, com base na performance e modelo de negócio. Foi difícil para mim fazer estas escolhas, pois sei que todas têm planos poderosos e potencial para realizar. Mas foi preciso e tenho certeza de que todas as outras mulheres cresceram demais com a mentoria coletiva e todo conteúdo que criei sobre finanças, networking, bolsa de valores, plano de negócios, plano de finanças, autoestima, marketing, sororidade, sociedade, entre outros.

 

Crescemos muito nestes últimos meses e isso porque cada uma entendeu o poder de estarmos conectadas em rede. Surgiram negócios entre nós e muita cumplicidade. Surgiu empatia e o sentimento de que não estamos sozinhas. Este para mim é o melhor prêmio pois, a partir desta conexão, podemos criar inúmeras oportunidades para gerar negócios e monetizarmos juntas.

 
Hoje, vamos reunir as 20 selecionadas para apresentarem seus projetos para uma banca de mulheres de negócios e teremos uma premiação em dinheiro para o melhor negócio. Cada uma delas aprimorou seu business seguindo a mentoria que tivemos e está preparada para levar este prêmio, mas uma coisa importante que preciso contar a elas é que elas já são vencedoras. Já fazem parte das 32 milhões de guerreiras que empreendem no Brasil e ousam acreditar em seus planos.

 
Vou estar aqui no júri aplaudindo e me emocionando com cada uma, com a certeza de que esta mentoria continua e de que juntas vamos conquistar todos os nossos planos. Continuemos acreditando e avante, mulheres!

Viviane Duarte

Fundadora

Jornalista e Fundadora do Plano Feminino. Sua paixão está em criar estratégias que inspirem e gerem conexões com propósito por meio de conteúdos e projetos especiais que promovam a igualdade de gênero e o empoderamento feminino na publicidade e sobretudo, na sociedade.