Para realizar sonho, mulher lança serviço de avó adotiva

Para algumas mulheres o Plano é ser empresária. Outras atleta. Mas há aquelas que nasceram para amar, ser mãe com açúcar, ou seja, vovó!

Esse é o caso de Christine Kobler, 56 anos, que oferece o simpático serviço de “avó adotiva”.

O anúncio “Eu quero ser avó” foi postado no site Craiglist e nele Kobler diz buscar uma mulher que não tem a “figura de uma mãe” por perto por “escolha ou circunstância” e se disponibiliza para levar as crianças para passear, acampar ou ir ao shopping, além de “dividir com elas minha experiência de vida se solicitado”.

craigslist

A vovó de aluguel tem duas filhas adotivas com necessidades especiais e, por isso, provavelmente elas não vão ter filhos. “Todos os meus amigos têm netos, e eu vejo como todos saem beneficiados dessa relação”, afirmou à CBS.

Além disso, apesar de ser natural da Nova Zelândia, reside no Canadá o que a fez ficar longe de toda a sua família, despertando ainda mais essa vontade de ser vó. Seu marido, Chris, a apoia e está igualmente disposta a assumir netinhos. Eles até sonham que essa ideia possa se tornar o programa de avós adotivos no Fraser Valley.

Kobler disse à CBC News que já recebeu várias respostas de mães e reuniu-se com algumas para ver como poderiam se ajudar, mas que, compreensivelmente, a maioria tem receios e estranha esse anúncio tão diferente.

Mas ela não desanima e acredita que logo terá muitos netos para cuidar.

Um Plano inspirador o dela, né?! E você? Adotaria uma vovó?

Ana Victorazzi

Jornalista

Apaixonada por café, cor laranja e animais. Formada em jornalismo e mãe de dois gatos, acredita na bondade das pessoas.