Plano Financeiro: pele bonita e conta saudável

Carro, sapatos, bolsas, barzinhos, vinhos, restaurantes, viagens, investimentos mal sucedidos… a gente vive cercada de compromissos e administrar nossa vida financeira torna-se um desafio gigante em meio a tantas outras obrigações. Basta uma vacilada e a gente se desequilibra totalmente. Fica na corda bamba. E a sensação de quem já esteve nesta situação – se equilibrando para não cair do salto nas finanças – é absurdamente terrível. A gente fica desesperada e parece não encontrar uma solução para os problemas: dívidas. A situação é tão constrangedora que arrisco dizer que vida financeira desiquilibrada é sinônimo de envelhecimento precoce. Haja colágeno e vitaminas na pele para aguentar tanto estresse. Quem já passou ou está passando por isso, sabe do que estou falando.  Para te ajudar a organizar sua vida financeira e sobretudo, evitar em cair na cilada de endividamento desnecessário, resolvemos criar uma série de posts  com dicas de como se planejar para deixar sua conta no banco saudável e sua pele ainda mais linda. Para ajudar a gente neste desafio, o educador financeiro, Alvaro Modernell irá nos trazer dicas infalíveis para que nossos planos sejam bem sucedidos! Vamos com a gente nessa?

 

Neste post de estreia da série “Plano Financeiro”  elencamos 10 dicas de nosso especialista em finanças, para que você tenha consciência de consumo, algo fundamental para iniciarmos nosso planejamento. Anote ai:

1 – Pare de ir às compras para fugir de problemas. A história de que tudo se resolve fazendo compras é puro balela e te fará entrar no vermelho. Encare seus problemas, busque soluções que não sejam necessariamente o consumo desenfreado e sem sentido.

2 – Pare com esta mania de que não pode repetir roupa. Seja criativa na hora das compras e na hora de compor seus looks.

3 – Evite parcelar suas compras em muitas vezes. Se for parcelar, que seja no máximo em 3 vezes. O ideal é comprar à vista e sempre pedir desconto. É seu direito e demonstra que você valoriza o seu rico dinheirinho.

4 – Entrar numa loja para comprar um ou dois itens e aceitar que as vendedoras lhe vendam outros. Quem manda no seu dinheiro e conhece as suas necessidades? Você ou a vendedora? E quem vai pagar suas contas quando a fatura chegar?

5 – Antes de ir às compras, estabeleça o quanto vai gastar e não extrapole. Nada de ir na conversa da vendedora. Na hora da fatura para pagar é você quem vai encarar o abacaxi. Seja racional e valorize seu dinheiro e poder de escolha. Nada de cair no papo da vendedora e sair do orçamento. Compre o que realmente irá usar  e pense em peças que possam ser combinadas com outras do seu guardarroupas. Objetos de decoração, cama, mesa e banho, da mesma forma. Evite fazer compras por impulso. Pergunte-se: Para que eu vou usar? Como eu vou usar? Quando eu vou usar? Eu preciso mesmo comprar? Depois disso, com certeza você não agirá por impulso.

O Itaú Universitários no Facebook também é um projeto novo muito bacana que está engajado em ajudar as pessoas a organizarem sua vida financeira. A proposta é bem bacana, vale conferir.

Estas são as nossas dicas de estreia do “Plano financeiro” e na próxima semana falaremos sobre planejamento e organização das finanças. Aproveito para sugerir o filme “Delírios de consumo de becky bloom”.  Nos falamos na próxima semana.

Fique atenta para não entrar no vermelho e ótimos planos pra você.

 

 

Viviane Duarte

Fundadora

Jornalista e Fundadora do Plano Feminino. Sua paixão está em criar estratégias que inspirem e gerem conexões com propósito por meio de conteúdos e projetos especiais que promovam a igualdade de gênero e o empoderamento feminino na publicidade e sobretudo, na sociedade.