Ter vergonha do corpo pode deixar mulheres doentes

Um grupo de pesquisa da Universidade de Bucknell, nos Estados Unidos, realizou dois pequenos estudos para tentar determinar se há relação entre ter vergonha do corpo e a saúde.

A ideia de pesquisar essa possível ligação veio de que a autoestima tem sido um fator sensível nos tempos modernos, tanto por causa do bombardeio midiático de padrões de beleza, quanto pelo bullying, fatores que deixaram homens e mulheres complexados pelo mundo todo.

Na primeira etapa do estudo, fizeram perguntas para concordar ou discordar como “Quando não sou do tamanho que acho que deveria ser, sinto-me envergonhada” ou “Muitas vezes sinto-me vulnerável às doenças” para 177 mulheres.

A conclusão final mostrou que mulheres com mais vergonha de sua imagem corporal estão sim mais predispostas a ficarem doentes.

Mas, alguns questionaram o estudo, pois, por conta da busca pelo corpo ideal, muitas mulheres acabam sofrendo de depressão e tabagismo, fatores que alteram as repostas.

Então realizaram uma nova versão do levantamento, em que realizaram o mesmo questionário com mais 181 mulheres estudantes em setembro e depois em dezembro novamente.

Novamente a conclusão foi a relação entre ambos. “Ter vergonha do corpo prevê pouca saúde física porque estes sentimentos fazem com que as mulheres se tornem menos sensíveis aos seus corpos e não avaliem corretamente como estão ou não saudáveis, o que pode gerar problemas de saúde caso os sintomas não sejam detetados a tempo.”

Ana Victorazzi

Jornalista

Apaixonada por café, cor laranja e animais. Formada em jornalismo e mãe de dois gatos, acredita na bondade das pessoas.