Eu sou minha melhor companhia!

Chanel sempre foi para mim uma inspiração de mulher, uma estilista sem igual e uma referência de estilo e atitude. Tenho muitos livros sobre ela e adoro seus pensamentos e reflexões. Eu só não concordo com uma de suas frases… “Quem não gosta de estar consigo mesmo em geral está certo”.

Há algum tempo – depois de terminar um relacionamento de longos anos – eu descobri os prazeres de curtir a própria companhia e sendo sincera, se você não consegue ficar sozinha com você como outra pessoa conseguiria?

Tem muita gente que olha torto quando você responde que está sozinha, acham que você é uma pessoa deprimida ou pior, fazem aquela cara de dó como se quisessem dizer: “Coitada daquela menina”, mas eu conheci as delícias de viver um “relacionamento sério” comigo mesma. Você aprende muito sobre quem você é. O que gosta e o que não gosta e o que quer e o que não quer. Na verdade, quando se está sozinha definir objetivos é mais fácil, afinal você pode fazer o que quiser, não precisa ter a opinião de ninguém e os resultados só dependem de você. Pode ser meio egoísta, mas é verdade!

O começo é complicado, é difícil separar o fato de estar sozinha e o de sentir solidão, mas depois de um tempo você consegue ver a diferença e começa a entender porque tantas pessoas ficam bem sozinhas e porque outras tantas se sentem solitárias mesmo sempre acompanhadas de muita gente.

Você começa a se encantar com coisa simples, como passar a tarde passeando no parque ou lendo um livro. Você usa a roupa que quiser, o filme sempre é bom – afinal é você quem escolhe – a comida sempre é a sua favorita e o mais gostoso… você não precisa mais fazer nada por obrigação. Você sai de casa quando quer e quando realmente está com vontade. 

Pessoas que conseguem se descobrir e se sentir bem aproveitando esses momentos sozinhos começam a se amar mais. Quando estamos sempre rodeadas de gente não conseguimos escapar das comparações. Por que eu não sou tão moderna como ela? Por que não consigo ser tão decida como ela? E ai ao invés de ficar bem, acabamos ficando desapontadas ou pior tentando se transformar em quem não é. Quando você fica sozinha é como se você ficasse horas no espelho analisando você, seus jeitos, sua vida, seus sonhos… tudo vai ficando claro e mais fácil de entender.

Para mim, o melhor de estar sozinha é o silêncio! É fechar a porta do quarto, apagar a luz e ter aquele tempinho para fechar os olhos e pensar em toda a sua vida. Depois que você descobre as vantagens de estar com você mesma, você fica mais seletiva, e não é mais qualquer companhia ou qualquer namorado que vão conseguir fazer você mudar de ideia. Você se torna mais forte, segura e decidida!

Eu recomendo para qualquer pessoa viver a experiência de curtir um pouco você mesma. Nós precisamos aprender a ser sozinhos, afinal mesmo que sempre estejamos rodeadas de pessoas, família, marido e filhos, em algum momento da vida cada um vai seguir o seu caminho e você terá que aprender como é estar apenas com você.

Acredite, você sempre será sua melhor companhia!