Plano de Viagem: Ilha de Páscoa

Não é fácil começar este texto, isto porque a Ilha de Páscoa – prefiro chamar de Rapa Nui assim como os nativos – mesmo com seus singelos 170 km² de área total, tem muitas histórias e curiosidades, que vão muito além das estátuas gigantes conhecidas como Moais. Por isso mesmo, condensar é difícil, mas ainda assim posso defini-la com apenas uma palavra: mágica.

Opinião que ouvi muito lá e também antes de ir durante minhas pesquisas sobre o lugar. É inexplicável, mas Rapa Nui – "Ilha Grande" no idioma local – tem uma energia diferente, até para os mais céticos. A experiência pessoal me fez entender também porque muitos místicos a frequentam.

E a vejo como mística, não é porque acredito em versões de que aquelas estátuas enormes de pedra espalhadas pela Ilha tenham sido levadas e/ou criadas por extraterrestres. Tenho convicção de que aquele povo foi capaz de esculpir e levantar todos aquelas esculturas, bem como viveu as aventuras que permeiam o ritual do Homem Pássaro, encenações reproduzidas até hoje em fevereiro durante o festival Tepati Rapa Nui.

Como não seria diferente, o roteiro se baseia em conhecer os sítios arquelógicos. Fechamos um pacote com uma agência especializada em ecoturismo, e que incluía os passeios. Foram quatro dias visitando ruínas, estátuas, vulcões (três ao todo) e as praias (apenas duas). Tina, nossa guia, contou tradições, teorias e lendas, todas passadas de geração em geração por meio de história oral.

Só conhecendo para entender. Deixo algumas dicas de lugares para comer e se divertir.  Se tiver alguma dúvida e eu puder ajudar, deixe um comentário que eu respondo. Para ficar? Meu hotel, o Otai, não era bom. Em geral, todos são muito simples, porém caros. Tem ainda a opção de camping e albergues. Hospedar-se próximo à Hanga Roa, único conglomerado da Ilha, facilita.

De qualquer forma, não é difícil alugar um carro por lá. Quando fui, em março de 2009, pagamos U$ 80 a diária de um jipe 4×4, mas é possível alugar moto, quadriciclo, etc. Como a praia fica a 17km da vila, é um bom investimento. Dá também para passear de barco, mergulhar e cavalgar.

Como chegar

Várias operadoras brasileiras fazem o roteiro. Em vista da distância – 6 horas de avião – a viagem inclui uma noite em Santiago tanto na ida quanto na volta. Fomos de Lan Chile, a única que faz voos para lá.

Passeios

Nosso pacote incluiu um dia e meio de tour por toda Rapa Nui acompanhados da guia inglês/espanhol ótima. Para quem quer entender toda a complexidade da história de lá é recomendável. A Tina tem um conhecimento muito amplo, e não deixou nenhuma pergunta sem resposta. Existem várias empresas que fazem este tour, em nosso caso, foi a Kia Koe.

Onde comer

A maioria dos cafés e restaurantes ficam em uma rua chamada Atamu Tekena. No primeiro dia fui – e voltei em outras ocasiões – ao RA"A Cafe. Na primeira oportunidade, eu comi um sandu&iacu

Redação

Produzido por uma equipe cheia de Planos para compartilhar.