Ilustradora retrata mulheres empoderadas lutando pelo mundo no estilo pop art

Nem sempre a história favoreceu ou destacou as mulheres que protagonizaram importantes momentos.

Pensando em não deixar que isso continue acontecendo, a artista peruana María María Acha-Kutscher resolveu ilustrar mulheres e seus atos heróicos em uma série estilo pop art.

Chamado de Indignadas, o projeto traz retratos de movimentos feministas como Femen, Pussy Riot, Marcha das Vadias e Alfombra Roja, além de mostrar também o ativismo feminino em movimentos mais amplos, como o 15M, na Espanha, o Occupy Wall Street, em Nova Iorque, e as marchas de junho de 2013, no Brasil.

 

Venha sentir-se empoderada e representada por essas imagens:

mulher2

Uma queniana comparece à vigília em memória das vítimas do ataque de pistoleiros na Garissa University College. Uhuru Park, Nairóbi, Quênia, 7 de abril de 2015. 

mulher3

mulher4

mulher5

A estudante de arte da Universidade de Columbia, Emma Sulkowicz foi estuprada em seu dormitório há dois anos. Desde setembro de 2014 ela está carregando um colchão consigo a todos os lugares que vai até seu estuprador ser expulso. Este ato é parte de sua tese, uma performance de resistência chamada “Carregue esse peso”.

mulher8

mulher9

mulher10

mulher11

16 dias de ativismo pela campanha contra a violência de gênero. 25 de novembro de 2013.

mulher12

16 dias de ativismo pela campanha contra a violência de gênero. 5 de dezembro de 2013. Como 54% das vítimas, meu abusador era meu namorado. 

parte2

16 dias de ativismo pela campanha contra a violência de gênero. 7 de dezembro de 2013. Estupradores estupram pessoas, não roupas. 

mulher14

Eu sou humana, não um sanduíche. 

mulher16

Um milhão se levantando por justiça. Uma dança global para terminar com a violência contra mulheres e garotas. Junho de 2013, Índia. 

mulher17

mulher21

mulher22

mulher23

mulher24

mulher25

Ana Victorazzi

Jornalista

Apaixonada por café, cor laranja e animais. Formada em jornalismo e mãe de dois gatos, acredita na bondade das pessoas.