Principal prêmio internacional de quadrinhos bate recorde de indicações de mulheres

Sim, todo o trabalho das mulheres por dias mais iguais está rendendo frutos e notícias como essa dão imenso prazer em anunciar!

Histórias em quadrinhos e mulheres já foram temas algumas vezes no Plano (aqui, aqui e aqui) e hoje é dia de mostrar o resultado do trabalho incrível que estas e outras profissionais estão desenvolvendo: batemos um importante recorde!

No Prêmio Eisner, o mais importante do ramo, considerado o Oscar da área, o número de mulheres indicadas mais que dobrou em relação ao ano passado. Sendo que em sete das 30 categorias, há muito mais indicadas do que indicados, e algumas delas bem importantes, como melhor quadrinho para adolescentes e melhor quadrinho digital.

Ao todo, são 49 mulheres concorrendo em quase todas as categorias, com exceção de uma: melhor quadrinho jornalístico. Elas disputam 61 nomeações, isso que até ano passado nunca tinham passado de 30. o/ o/ o/

Duas histórias protagonizadas por mulheres estão entre as mais cotadas para os maiores prêmios, a nova Miss Marvel, de Gwendolyn Willow Wilson, e a Bitch Planet, de Kelly Sue DeConnick

tumblr_nfx7g1iU1S1sa2z61o1_12801

As vencedoras serão divulgadas no dia 22 de julho, na Comic-Con International, em San Diego.

Curiosidade

A primeira brasileira a ser indicada ao prêmio foi a gaúcha Cris Peter em 2012 com de colorização nas publicações Casanova: Avaritia e Casanova: Gula.

Fotógrafo: tadeu Vilani - Porto Alegre - RS - Data: 05.01.2012 Mulheres que desenham. Cris Peter, desenhando.

 

Redação

Produzido por uma equipe cheia de Planos para compartilhar.