1ª colocada em medicina na Fuvest conta seus segredos

Ana Luísa Smith Rocha, de 19 anos, foi a primeira colocada em medicina na USP neste ano, um dos cursos mais concorridos do país, com 59 candidatos para cada uma das 295 vagas.

“Ninguém estuda pensando em passar entre os dez primeiros. Eu não acreditava quando vi meu nome lá. Saí correndo e quase quebrei meu computador”, diz Ana Luísa em entrevista à Folha, que fez dois anos de cursinho em Salvador, onde vivia, antes de passar na USP.

Para se preparar para o teste final, ela fez uma semana antes simulados de provas de primeira fase de anos anteriores, todas disponíveis no site da Fuvest.

“A questão principal é revisar e não se deixar ficar desesperado”, diz.

Para ela esse treino não é importante apenas para estudar, mas também para controlar o tempo, um dos maiores inimigos dos vestibulandos.

“Dá para fazer sozinho em casa. É separar a prova e fazer, mas sem internet ou whatsapp, que distraem”, dá a dica.

Outra dica para se sair bem não só em provas de vestibular, mas em qualquer outro teste que você venha a se submeter, como concursos, trainees, entre outros, é anotar sempre os temas de maior dificuldade e assim voltar mais tarde neles.

“Eram fórmulas difíceis, algum detalhe sobre um fato histórico, que eu olhava para refrescar a memória”, explica.

Por fim, os tradicionais resumos, que facilitaram na hora de revisar.

E você? Como se prepara para as principais provas na sua vida?

analuisa1

SITE_780x388px_ANA

Ana Victorazzi

Jornalista

Apaixonada por café, cor laranja e animais. Formada em jornalismo e mãe de dois gatos, acredita na bondade das pessoas.