4 apresentações inspiradoras de mulheres para você

Nós aqui do Plano amamos o TED. Já mostramos vários eventos e palestras que transbordam inspiração e importantes aprendizados.

E para nossa felicidade tem apresentação nova sempre e para hoje selecionamos mais 4 que vão tornar seu ano mais completo e informado.

E, claro, não deixe de nos indicar o TED que te inspira, para ele entrar em nossa próxima lista de sugestões.

Agora chega de falar e bom play! 😉

1. Por que a melhor contratação não precisa ter o currículo perfeito

Quando tem de escolher entre um candidato a emprego com um currículo perfeito e outro que lutou e venceu com dificuldade, a executiva de recursos humanos Regina Hartley sempre dá uma chance ao “comigo ninguém pode”. Como ela mesma cresceu na adversidade, Hartley sabe que os que prosperam nos meios mais penosos são dotados de força para perseverar em um ambiente de trabalho sempre mutável. “Escolha o candidato subestimado, cujas armas secretas são o fervor e a determinação”, ela diz. “Contrate o ‘comigo ninguém pode.'”

2. O ano em que li um livro de cada país

Ann Morgan se considerava uma pessoa lida, até descobrir uma “enorme lacuna cultural” em suas estantes de livros. Em meio a uma variedade de autores ingleses e americanos, havia bem poucas obras de autores fora do mundo anglófono. Então, ela se colocou um objetivo ambicioso: ler um livro de cada país no período de um ano. Agora, ela está exortando outros anglófilos a lerem obras traduzidas, para que as editoras possam se esforçar para publicar também pérolas literárias estrangeiras.

3. Jane Fonda e Lily Tomlin: Uma hilária celebração da amizade feminina duradoura

A lendária dupla Jane Fonda e Lily Tomlin é amiga há décadas. Numa conversa franca, terna e abrangente na presença de Pat Mitchell, as três discutem a longevidade, o feminismo, as diferenças entre a amizade masculina e a feminina, o significado de viver bem e o papel das mulheres no futuro do nosso planeta. “Nem sei o que faria sem as minhas amigas”, afirma Fonda. “Eu existo porque tenho amigas.”

4. Uma arte feita de verdade, vulnerabilidade e conexão

A arte de Marina Abramović explora os limites entre audiência e artista, em busca do aumento da consciência e da mudança pessoal. Em seu trabalho inovador de 2010, “The Artist Is Present,” ela simplesmente se sentou numa cadeira e encarou sua audiência durante 8 horas por dia… com resultados extremamente comoventes. Seu trabalho mais corajoso pode ainda estar por vir, está tomando a forma de um enorme instituto de arte dedicado à experimentação e a atos simples feitos com atenção plena. “Nada acontece se você fizer as coisas sempre do mesmo jeito”, diz ela. “Meu método é fazer as coisas das quais tenho medo, as coisas que não conheço, ir para o território onde ninguém nunca esteve.”

Redação

Produzido por uma equipe cheia de Planos para compartilhar.