Camila tem um plano: ser inspiração e incentivar meninas a terem um futuro de protagonismo

Camila Piva é escritora, empresária e, acima de tudo, uma mulher cheia de Planos. Aos 17 anos, começou a trabalhar como programadora de sistemas, foi conhecendo mais outras áreas ligadas à tecnologia e se apaixonou pelo design.

Na época em que fazia faculdade de Design, conheceu o seu marido e, ambos apaixonados pela área de comunicação, decidiram abrir uma agência de comunicação, que hoje já conta com mais de 40 funcionários, a maioria composta por mulheres.

Apaixonada pelo que faz, Camila sentia ainda a necessidade de ser escritora, uma vontade que sempre teve, desde criança. Decidiu, então, dedicar um tempo pra si mesma pra entender como poderia trabalhar esse seu Plano.

Fez yoga, psicanálise, coach, curso de desenvolvimento pessoal e meditação e, com isso, resgatou a imagem de sua criança interior que mantinha o desejo de trabalhar com a literatura.

“Desde criança eu gostava de escrever histórias. Mesmo antes de ser alfabetizada, transformava desenhos em histórias lindas e mesmo depois de adulta, percebi que isso ainda fazia parte da minha essência, era aquilo que eu queria fazer.”

Foi aí que Camila escreveu e lançou sua primeira obra, chamada Viva este Livro, em 2016, pela Editora Ciranda Cultural. “Este é um livro interativo, que trata da busca pelo autoconhecimento. Acredito que quanto mais cedo a gente consegue se conhecer, mais completo a gente fica. É um processo importante para entender quem a gente é e o que quer pro mundo. É uma obra que valoriza sua personalidade, ajuda a entender a forma de pensar sobre o mundo, as ideias e valoriza suas emoções.”

 

 

Ano passado Camila lançou seu segundo livro chamado Quero ser uma Youtuber. O objetivo é trazer as crianças para o mundo da leitura. Ela convidou a youtuber mirim Julia Silva para assinar o livro com ela, que topou na hora.

“Nem sei dizer o quanto fiquei feliz. Este livro já alcançou a lista dos mais vendidos no Brasil e foi lançado também em Portugal. Meu melhor presente é que muitas crianças me procuram pra dizer que este foi o primeiro livro que leram e isso me deixa radiante, porque era exatamente o que eu queria: chegar até as pessoas por meio da literatura.”

 

 

Agora, Camila está trabalhando no seu terceiro livro, que será algo como uma continuação do primeiro, chamado Sinta este Livro. “Esta também será uma obra interativa, como o primeiro, mas focado em sentimentos. Deve ser lançado no primeiro semestre do ano que vem, estou bem ansiosa. Além dele, estou trabalhando em um livro de contos para atingir não só o público infantil, mas os adultos também. A ideia é falar sobre questões da vida que nos afligem em forma de contos.”

Como uma empresária da área de comunicação, Camila diz que percebe que o mercado está mudando cada vez mais na maneira de se comunicar com o público feminino e que esse é um ponto bastante positivo.

“Aqui na agência temos recebido uma demanda bem considerável de clientes que querem se comunicar melhor com as mulheres. Por exemplo, quando falamos do Dia Internacional da Mulher, as empresas procuram a gente buscando algo inovador.

Nada de dar flores ou dia de beleza para elas. Isso é ótimo, porque o que até um tempo atrás era motivo de resistência das empresas, agora a atitude de propor algo diferente já parte dos próprios clientes. Bons sinais de mudança para nós. Resultados da nossa luta que começam a aparecer.”

 

 

Apesar de ver que o movimento de empoderamento feminino tem trazido grandes benefícios, ainda tem aquela parte que mostra que o preconceito ainda existe. A Camila diz que é recorrente, por exemplo, ela entrar em uma reunião em que a maioria é masculina e eles não dão atenção para o que ela fala, a interrompem e não a olham no rosto. 

 

“Há situações em que participo de reuniões e, por mais que eu fale o mesmo que um homem, o que eu digo é totalmente validado. Claro que nessas situações eu me imponho, mas não é fácil. Tenho orgulho de, na minha agência ter 80% de mulheres na liderança. Estamos ocupando espaços e quero ajudar cada mulher a ocupar os seus. Uma puxa a outra.

 

Meu plano é que as meninas de hoje, não passem no futuro pelos mesmos preconceitos que enfrentamos. É por isso que lutamos tanto agora, pelas futuras gerações. Também quero ser uma inspiração para as meninas, para que elas saibam que podem ser o que quiserem.”

Para quem está nesse caminho de se encontrar, de ocupar espaços, Camila diz que é importante ter persistência e não se abater com as dificuldades que aparecerem pelo caminho. “O que eu gostaria de dizer às meninas e mulheres é: acredite muito em vocês mesmas, porque é assim que chegarão mais longe. Continuem na luta, porque vocês não estão sozinhas.”

Como última mensagem, Camila diz que é importante que as mulheres tenham consciência de que são autoras de sua própria história. “Cada uma é um capitulo da história do mundo. E só depende da gente que ele seja bem escrito e assim possamos deixar para outras mulheres uma mensagem impressa de poder e beleza.”

Que inspiração falar com a Camila, uma mulher tão cheia de Planos, empoderada. Uma mulher que vai em busca dos seus sonhos e sabe exatamente como realizá-los e ser a ponte para a transformação e força de meninas e mulheres por meio da literatura.

Vem contar sua história pra gente também. É só escrever pra gente no elatemumplano@planofeminino.com.br. Vamos compartilhar histórias incríveis de mais mulheres inspiradoras. Juntas somos mais fortes.

 

 

Kelly Sá

Amante da arte, das palavras. Adora crianças, cachorros e gatos. Formada em Letras, adora trabalhar com conteúdo, fazendo das palavras o seu brinquedo preferido.