Ela tem um Plano: ser a maior empresa de consultoria comercial do país

Recentemente o Plano participou de um trabalho incrível de mentoria para mulheres empreendedoras chamado Mulheres Seguras, da Liberty que tinha como objetivo incentivar o empreendedorismo feminino e ainda premiar os melhores projetos. A Viviane Duarte foi mentora dessas mulheres e a experiência de ver tantos planos se realizando foi inspirador.

De fevereiro a maio, mais de mil mulheres contaram com o suporte da Vivi por meio de artigos e vídeos enviados por ela com temas como networking, planejamento, negociação, investimentos e equilíbrio da vida pessoal e profissional. Entre tantos projetos incríveis, decidimos compartilhar com vocês aqui os Planos das finalistas e mostrar que Elas têm um plano.

Amanda Lima é uma mulher de 34 anos, casada, determinada e que considera estar na melhor fase de sua vida. Ela tem uma consultoria focada em planejamento e gestão comercial para micros e pequenas empresas. Só pra entender um pouco como funciona, ela faz uma análise das empresas e procura uma maneira personalizada de ajudar seus clientes a melhorar as vendas e fidelizar clientes. Vamos saber mais sobre ela?

 

Plano Feminino: Quando começou a carreira empreendedora?

Amanda Lima: Em 2012, quando saí de uma empresa privada do segmento Self Storage sem muito foco, apenas com muita vontade de empreender. Foi aí que fundei primeiro um e-commerce de bijuterias e acessórios, depois migrei para uma loja física no modelo colaborativo que infelizmente não foi para frente. Os dois empreendimentos foram fechados por falta de planejamento e uma escolha equivocada de sociedade para a loja física. Precisei retomar um trabalho que já tinha feito antes como vendedora autônoma de planos de saúde para pagar as dívidas e retomei a Faculdade de Administração.

Fui buscar auxilio para entender onde tinha errado e retomei a ideia de empreender prestando consultoria quando fui indicada para auxiliar uma empresa do segmento Self Storage que estava com sérios problemas na área comercial. Trabalhei em seguida por indicação em outra empresa do mesmo setor e resolvi seguir como consultora. Me especializei em uma ferramenta de assessment exclusiva para empreendedores, fiz vários cursos online e presenciais nos últimos dois anos. Retomei o projeto com mais foco no início de 2016, quando fui convidada novamente para verificar os resultados obtidos no último ano na primeira empresa que prestei consultoria em 2015 e resolvi me dedicar ainda mais a este projeto depois que fui escolhida pela Viviane e pelo projeto Mulheres Seguras como uma das 20 empreendedoras mais promissoras. E está dando supercerto.

 

Plano: Por que empreender?

Amanda: Porque o mercado de trabalho para mulher infelizmente é muito difícil, as possibilidades e oportunidades de crescimento e de flexibilidade são poucas ou quase inexistentes, principalmente para mulheres que pretendem ter filhos nos próximos anos e que não aceitam receber menos apenas por ser mulher. Acompanhei colegas homens com menos experiência que eu e exercendo a mesma função receberem propostas muito melhores que eu no mesmo segmento.

 

Plano: O que mais tem aprendido nesta jornada?

Amanda: A dificuldade de tomar decisões e seguir firme no caminho que escolhi. As dificuldades são muitas, tanto financeiras como os inúmeros nãos que a gente recebe e a desvalorização do meu trabalho. Sei que ainda tenho muito a aprender para ampliar minha atuação para outros segmentos, por isso, tenho insistido e participado de várias redes focadas em empreendedorismo feminino, tecnologia e startups, porque assim troco muita informação com outras pessoas e busco inspiração para desenvolver meu negócio e, em breve, meu curso online estará disponível na plataforma Atena Haus :  Vendas para quem não sabe vender, mas precisa.

 

Amanda durante a gravação do curso para Atena Haus.

 

Plano: Pra você, o que é mais importante para fazer acontecer?

Amanda: Acredito que o principal é ter foco e determinação. É necessário clareza dos objetivos que se pretende atingir, saber o que quer através do negócio que criou. Eu fico extremamente feliz com o desenvolvimento de pessoas e de empresas , principalmente quando sei que fiz parte desse crescimento.

 

Plano: Quais são os seus principais desafios?

Amanda: Olha, acho que é a resistência dos empreendedores em entender o quanto faz diferença  no crescimento do negócio uma assessoria especializada. Tenho acompanhado a trajetória de alguns empreendedores e vejo o quanto sofrem por falta de conhecimento. Acredito que manter o foco e motivação pra ir todos os dias atrás de novos clientes é o segredo para gerar receita para manter tudo funcionando e obter lucro.

 

Plano: Amanda, você tem alguma dica para um empreendedora que esteja iniciando agora?

Amanda: Primeiro se conheça bem, saiba exatamente o que pretende quando decidir abrir um negócio. Empreender é algo muito solitário no nosso país, apesar dos inúmeros grupos que promovem a colaboração, principalmente para nós mulheres. Então, participe de grupos, faça reuniões com outros empresários, busque o máximo de informações possíveis e tenha plena certeza do que gosta e quer fazer, isso já vai fazer com que tenha maior resiliência para suportar os altos e baixos do mundo dos negócios e se manter firme para atingir o sucesso, pois quem está acostumado a receber salário todo mês, sair no horário, esquece. Esta não é a vida do empresário, principalmente no Brasil. A burocracia é grande e o nível de dedicação é muitas vezes infinitamente maior do que você já se dedicou a qualquer empresa privada na qual tenha trabalhado. Eu amo o que faço e adoro ser reconhecida pelo meu trabalho e dedicação como empreendedora.

 

Plano: Amanda, conta pra gente qual é o seu plano para os próximos anos?

Amanda: Meus planos são ambiciosos. Quero ser a maior e melhor consultoria em treinamento, planejamento e gestão comercial focada em micro e pequenas empresas do Brasil, além de ser reconhecida como especialista e pesquisadora nesta área.

Redação

Produzido por uma equipe cheia de Planos para compartilhar.