Espelho, espelho meu

Cabelo, maquiagem e unhas feitas. Mulheres bonitas e bem postas. Não, não é um desfile de moda, mas sim, as telas da artista portuguesa Duma Arantes. Nas pinceladas a figura feminina é sempre retratada em “big closes”, que nos lembram cenas de filmes congeladas. Assim, as obras deixam ao telespectador a subjetividade de toda uma cena e, consequentemente, as ações e emoções dos personagens. 

Mas para a Duma, que estudou Pintura e Desenho na Sociedade Nacional de Belas Artes de Lisboa, a intenção das pinturas é simplesmente retratar pedaços de si mesma, em um universo de mistério e feminilidade. E é aí que ela desfila uma série de mulheres presas em seu próprio “eu”.

Para conhecer este e outros trabalhos da portuguesa, visite o www.dumaarte.com

 

Redação

Produzido por uma equipe cheia de Planos para compartilhar.