ESPN lança portal com foco no público feminino: "valorização da mulher através do esporte”

A ESPN lancçu o portal espnW no Brasil. Em um projeto inovador, a plataforma digital esportiva com foco no público feminino tem como objetivo fomentar o esporte feminino brasileiro, além do interesse das mulheres pelo esporte, reunindo matérias, artigos e conteúdo multimídia sobre o universo esportivo de maneira geral, não se restringindo somente às competições e atletas de alto rendimento.

espnW2.0

De acordo com German Hartenstein, diretor geral da ESPN no Brasil, o lançamento do espnW atende um perfil cada vez maior de fãs do esporte no mercado brasileiro. “A audiência de nossos canais possui um número crescente de mulheres que se interessa por esporte e busca conteúdo de qualidade sobre todos os temas relacionados ao universo esportivo, independentemente da modalidade. O espnW é o primeiro portal brasileiro para atender este público, oferecendo conteúdo relevante produzido sob a ótica feminina com a credibilidade da marca ESPN”, destaca German.

Dividido em quatro áreas (notícias, lifestyle, especiais e blogs), o espnW reunirá um time de mulheres relacionadas ao mundo esportivo nas mais diferentes áreas como medicina, fisioterapia, nutrição, preparação física e psicologia, além de profissionais liberais, autônomas e mães que comentarão a respeito de sua relação com o esporte em meio aos variados compromissos do cotidiano.

Comentaristas dos canais ESPN e ex-atletas Olímpicas como Magic Paula (basquete), Ana Moser (vôlei), Flavia Delaroli (natação), Juliana Cabral, (futebol), Daniele Zangrando (judô), além das profissionais da equipe de jornalismo como a apresentadora Juliana Veiga e a repórter Gabriela Moreira também estão escaladas para o time de especialistas do portal.

Para apresentar a nova plataforma, a Africa criou uma campanha que traz pessoas reais para testar seus conhecimentos sobre o esporte. Intitulada “Invisible Players”, a ação testou o conhecimento de homens e mulheres sobre vários lances em diversas modalidades sem identificar os atletas. O resultado foi surpreendente. Nenhum dos entrevistados respondeu nomes de atletas mulheres.

“Você pode até saber um pouco sobre esporte, mas precisa aprender muito ainda sobre o poder das mulheres”, finaliza o filme. “Para a ESPN, o esporte vai além do entretenimento, é uma ferramenta de transformação. A campanha reflete exatamente isso, é um orgulho fazer parte de um projeto pioneiro no Brasil de valorização da mulher através do esporte”, comenta Sergio Gordilho, CCO e copresidente da Africa.

Assista ao vídeo da campanha:

Ana Victorazzi

Jornalista

Apaixonada por café, cor laranja e animais. Formada em jornalismo e mãe de dois gatos, acredita na bondade das pessoas.