Evento Centro Hiperconectado promove atividades culturais com foco em ações para a região do Centro de SP

Na próxima quinta, dia 17 de maio, às 14 horas, o Museu da Energia de São Paulo promove a roda de conversa “Centro Hiperconectado“. O evento tem uma série de ações culturais colaborativas entre as instituições da região do Bom Retiro, Campos Elíseos e Luz, e acontece no Sesc Bom Retiro (Alameda Nothmann, 185).

O evento começa com a palestra “Museu, Cultura e Território – o novo marketing“, onde será abordada a importância da participação ativa das comunidades nos museus e a atuação destes espaços em seus territórios.

Depois da palestra, tem uma roda de conversa com a participação de representantes do bloco afro Ilú Obá De Min, que traz protagonismo às mulheres negras e exaltação da cultura afro, Museu da Energia, Projeto Subcentro e Sesc Bom Retiro. A roda é aberta a instituições, grupos, movimentos e atores sociais e culturais do Centro, além do público em geral, e contará com a mediação de Lilian Amaral – artista visual, pesquisadora e Diretora da Rede Internacional de Educação Patrimonial.

 

 

A ação integra a programação especial do museu para a 16ª Semana Nacional de Museus (14 a 20/5), temporada cultural promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus – IBRAM. Em 2018, mais de mil espaços culturais do país participam da ação com atividades diversas relacionadas ao tema “Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”.

O evento conta com apoio do Sistema Estadual de Museus de São Paulo (Sisem – SP), Rede de Educadores de Museus, Ilú Obá De Min, Projeto Subcentro e Sesc Bom Retiro.

 

 

SERVIÇO | EVENTO: CENTRO HIPERCONECTADO

Data: Quinta-feira, 17 de maio de 2018, às 14 horas
Onde? Museu da Energia – Alameda Nothmann, 184, Campos Elíseos, São Paulo – SP
Funcionamento do Museu da Energia: terça a sábado, das 10 às 17 horas.
Informações: 11 3224 1489 ou saopaulo@museudaenergia.org.br
ENTRADA GRATUITA
www.museudaenergia.org.br

Redação

Produzido por uma equipe cheia de Planos para compartilhar.