Férias na praia

 

Férias e muita gente pegando uma praia. 

Dependendo da praia, a disputa por um palmo de areia pode se tornar mais acirrada, o que aumenta exponencialmente as chances de termos problemas de convivência com nossos vizinhos. Seja discreta ao tomar um espaço. Não vá espalhando cadeiras e mais cadeiras, esteiras, isopor, guarda-sol e tudo mais, deixando pouco espaço para os outros. Divida fraternalmente o espaço que ainda houver disponível.

Esqueça grandes isopores, mesinhas, etc. Se quiser leve frutas, sanduiches para quando a fome apertar ou houver crianças. Um saquinho para colocar o lixo será fundamental. Se optar por comer num restaurante na região deverá estar vestida com algo cobrindo o tronco. Não vá descalça.

A prática de esportes é sempre saudável, mas procure estar vestida adequadamente para não dar vexame. Corridas na praia de biquíni, por exemplo,só vão ficar bem para quem não está com quilos a mais. Se não for o seu caso, coloque uma regata por cima. 

Nada de levar cachorros à praia. É totalmente anti-higiênico, por mais que o seu possa parecer limpinho. Poucos vão resistir e vão acabar por fazer suas necessidades na areia, o que transmite aquele verme conhecido como “bicho geográfico”.

Dormir, ou melhor, desmaiar na praia? Se o sono bater, seja discreta: recline sua cadeira, coloque seus óculos escuros e tire sua soneca. Se quiser, deite de bruços numa esteira. Usar a esteira ou canga para namorar, deitando-se ao lado do namorado em atitudes mais “calientes”é sem noção!

Para cumprimentar os amigos na praia, basta um aperto de mão. Ninguém gosta de beijos com gosto de bronzeador ou com areia e água do mar.

Ensine as crianças para que não joguem areia nos outros, façam guerra de areia molhada ou joguem bola perto das barracas. É de pequeno que se aprende os bons modos.