Ministra Damares: “Porque elas são feias e nós lindas”

Desde o início dessa semana, está circulando na internet um vídeo da ministra Damares Alves, gravado em 2015 durante seu discurso na Assembleia de Deus do Gama, que não distante de seus últimos pronunciamentos, contém ideias sem nexo e qualquer embasamento racional.

Você sabe por que elas não gostam de homens? Porque são feias e nós somos lindas

 

Essas foram as palavras da nossa atual Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Com certeza não é um argumento como esse que a gente espera de uma mulher num cargo tão importante, de uma mulher cujo trabalho é garantir os direitos das mulheres. Ficou bem claro que Damares não sabe do que se trata o feminismo. Veja a análise de cada trecho de sua fala e entenda essa falta de lógica.

1.“Você sabe por que elas não gostam de homem?”

Quem disse que feministas não gostam de homens? Gostar ou não de determinado gênero não possui relações com a ideologia do feminismo, que (mais uma vez) não defende hierarquias, se mulheres são ou não superiores aos homens. Defende igualdade e justamente por isso, não condiz com essa lógica de que “feministas não gostam de homens”. Se não gostassem, viriam eles como iguais ou como inferiores?

2.“Porque são feias”

Do mesmo jeito que a ideologia não dita afeto, também não dita padrões estéticos. Ser ou não simpatizante dos ideais feministas não vai tornar a mulher linda ou feia. Não vai mudar a imagem da mulher, nem a forma física, nem a forma que se arruma, com roupas, acessórios ou maquiagens. Os gostos dessas mulheres, se mantém delas, individuais. Se não, toda feminista teria a mesma estética, o que não acontece.

3.“E nós somos lindas”

Bom… Uma mulher por ser linda não torna outra feia, do mesmo jeito que uma mulher por ser feia não torna outra linda, até porque, essas concepções de “feia” e “linda” variam de acordo com quem analisa e os padrões estéticos que esse observador adota. Então essa comparação feita pela Damares, não tem o  m e n o r  sentido.

 

Por ser um vídeo feito há quatro anos atrás, mesmo com tantas outras ideias que definitivamente não estão certas, como a famosa “menina veste rosa e menino veste azul”, ainda podemos esperar que se posicione a respeito desse vídeo de alguma maneira contrária, admitindo o erro e corrigindo.

A única opção para agora é entender os erros ideológicos que o vídeo apresenta, rir da convicção que ela apresenta falando uma bobagem como essa e esperar que seu posicionamento ou a próxima gafe.