Mulheres da Tanzânia unem-se contra a mudança climática

Para combater as mudanças climáticas, quinze mulheres da Tanzânia, na África, uniram-se para encabeçar o projeto Vozes Verdes da Tanzânia.

A iniciativa atua em diversas frentes, desde plantar, até criar cozinhas solares.

“Se as mulheres são as que cultivam a terra e as que mais sofrem com o aquecimento global, elas têm que ser as protagonistas das soluções”, afirmou a presidente da Fundação Mulheres por África, Maria Teresa Fernández de la Vega, que concedeu a estas mulheres uma bolsa para estudar na Espanha e aperfeiçoar seus conhecimentos para continuar sua importante luta.

Após retornarem deste período de aprendizado, hora de implementar novas ideias. Evelyn Amos, de 35 anos, por exemplo, já comanda um programa de rádio sobre direitos humanos, saúde e meio ambiente, e agora quer que as mulheres de sua região, Kigoma, plantem laranjas e limões.

Já Magdalena, de 58 anos, vai ensinar outras agricultoras a plantar cogumelos oyster. “Eles necessitam de menos água e menos químicos. E são muito nutritivos”, explica.

Outros nomes do grupo são: Sidi Abubakari Yusuf Mgumia, Farida Makame, Mwaisumbe Tukuswiga, Leocadia Bhoke Vedastus, Sophia Nyakunga Mlote, Esther Natai Muffui, Secelela Balisidya, Farida Hamis, Judica Solomon Losai, Abiah J. Magembe, Mónica Andrea Kagya, Regina Kamuli e Mariam Amani Masalu.

Você pode conferir aqui a lista inteira de Planos desenvolvidos por cada uma delas!

_MG_7769

20160225 Previa Voces Verdes

1456832997_241909_1456833458_noticia_normal_recorte1

1459977902_678667_69780300_fotograma_9

hqdefault

vocesverdes_th_1cce678baa2865fe866ba90e481edd63

Redação

Produzido por uma equipe cheia de Planos para compartilhar.