Não esquecer!

Não me deixe esquecer! Pode parecer exagero anotar tudo o que precisamos fazer, mas deixar os compromissos e tarefas guardados apenas na cabeça só serve para gerar estresse e frustração. 

Quantas vezes você já ouviu ou pediu ajuda a alguém para se lembrar de algo que não podia se esquecer de fazer? Quando alguém me faz esse pedido, sempre sugiro que a pessoa anote o que precisa. E essa recomendação vale, inclusive, para coisas simples e rápidas, como usar 5 minutos do dia para regar as plantinhas da casa. 

Faço isso porque nossa mente está sempre muito ocupada, cheia de informações, pensamentos e preocupações, o que não deixa espaço para coisas novas e isso acaba nos prejudicando, principalmente com tarefas no trabalho que exigem maior concentração:

 

“Como a memória de trabalho do cérebro é reduzida, até mesmo pequenas distrações podem dificultar a concentração. Pensar em preocupações e tarefas incompletas é uma importante distração, principalmente quando você está tentando acompanhar tudo ao mesmo tempo. Você desperdiça um pouco da energia mental do sistema deliberado toda vez que diz a si mesmo: ‘Preciso lembrar de pegar a roupa na lavanderia’.”

– trecho extraído do livro “Como ter um dia ideal”, de Caroline Webb. 

Por isso, tomar nota de tudo o que precisamos fazer, pode ser um exercício para tranquilizar nossos pensamentos e liberar nossa memória. Afinal, não teremos que ficar pensando por horas em algo que não podemos esquecer de jeito nenhum. Se estiver anotado, só iremos pensar naquela tarefa quando formos organizar a agenda ou quando formos efetivamente realizá-la. Uma atitude simples, mas que ajuda muito é sempre ter à mão um papel, uma caneta, o celular, um tablet ou algo que possa ser usado para anotar compromissos e tarefas que não podem ser esquecidos até serem incluídos na agenda. 

Lygia Pontes

Relações Públicas com especialização em Administração de Empresas. É advisor e consultora em felicidade profissional e eficiência. Também é professora e palestrante em temas ligados aos três pilares fundamentais para o sucesso profissional: comportamento, comunicação e gestão Seu propósito é auxiliar pessoas a construírem relações positivas e produtivas mesmo em ambientes competitivos, como os das empresas.