Networking para mulheres

Ter uma rede de contatos é indispensável para o sucesso profissional. Afinal, estamos o tempo todo nos relacionando com outras pessoas no trabalho – para uma venda, para uma contratação etc. E será que as mulheres precisam ter cuidados especiais nessa prática?

 

Em várias edições do meu curso de networking, é muito comum eu ser questionada sobre os cuidados especiais que as mulheres devem tomar com essa atividade. Apesar de já ter respondido essa pergunta diversas vezes, eu ainda me surpreendo toda vez que ela aparece, já que é mais um exemplo de como o machismo está presente em absolutamente todos os momentos de nossas vidas.

 

Minha recomendação para as mulheres que vão se dedicar ao networking ativamente é tomar os mesmos cuidados que os homens, como manter frequência nos contatos, definir os objetivos com cada pessoa com quem vão falar, pensar na pauta antes de uma abordagem ou encontro, entre outros. Mas existe uma atitude que recomendo fortemente às mulheres: formar redes!

 

Nos últimos anos, comecei a participar de grupos de e para mulheres e percebi uma grande diferença na forma como eu passei a me relacionar com elas, principalmente no trabalho. Se antes a minha primeira reação ao conhecer uma colega era a desconfiança, agora, eu busco me aproximar dela e saber qual é a sua história, conquistas e desafios. Outro benefício desses grupos é que passei a encontrar soluções para os meus problemas com mais facilidade e, melhor ainda, com o apoio dessas companheiras. Sem contar que ao compartilharmos experiências, eu consigo me preparar para os desafios futuros, principalmente enfrentar o machismo.

 

Outro ponto muito importante dessas redes é que ampliamos o nosso networking e com profissionais que conseguem entender perfeitamente os desafios e dificuldades que enfrentamos para evoluirmos em nossas carreiras. Assim, mais do que pensar em quais cuidados devemos tomar quando fazemos networking, recomendo que as mulheres procurem outras oportunidades para fazer contatos. Hoje em dia, está muito fácil de encontrar essas comunidades. As redes sociais são as grandes aliadas nisso, junto com nossas colegas de trabalho, amigas e familiares. Viu como não faltam possibilidades de criar uma rede poderosa?

Lygia Pontes

Relações Públicas com especialização em Administração de Empresas. É advisor e consultora em felicidade profissional e eficiência. Também é professora e palestrante em temas ligados aos três pilares fundamentais para o sucesso profissional: comportamento, comunicação e gestão Seu propósito é auxiliar pessoas a construírem relações positivas e produtivas mesmo em ambientes competitivos, como os das empresas.