O dia de hoje é o seu presente

 

Fui assistir “Um dia”. O filme é apaixonante e com um dos roteiros mais incríveis que  já vi. Não só pela química perfeita entre Anne Hathaway e Jim Sturges, pelo ritmo calmo ou pelo cenário europeu que torna o filme tão encantador, mas porque a trama é uma mescla de romance, comédia  e drama –  e isso tornou sua história adoravelmente real…

“Um Dia” não fala só de doença, de amor não correspondido, de superação, de dor ou sofrimento, ele simplesmente fala da vida.  Fala de como seus caminhos são confusos, tortuosos, indecifráveis e incontroláveis. De como passamos tempo esperando as coisas acontecerem e normalmente elas não acontecem, porque ficamos lá… esperando. 

Temos nosso objetivo traçado, mas a vida insiste em adiar os planos e precisamos passar por dezenas de provações, superações e ter muita paciência até conseguir sentir a sensação da conquista. Outras vezes, conquistamos com tanta facilidade, que quando chegamos no topo, descobrimos que aquela conquista não era sinônimo de felicidade e não era o que realmente queríamos…

No filme, duas pessoas passam por vinte anos de histórias, com direito a frustrações, relacionamentos, brigas, risos e lágrimas. O casal demora anos para conseguir viver um sentimento que nasceu no dia em que se conheceram e quando isso acontece a vida vai lá, mais uma vez, mudar o rumo da história.

“Para que pensar no amanhã se podemos viver o hoje”. Essa é a filosofia do filme e acho que devemos adotá-la para o resto da vida. Muitas vezes só rezamos para que o dia acabe e que o próximo seja melhor, mas porque não ter nenhuma lembrança deste dia? Porque não decidimos torná-lo de alguma forma especial? Se cada dia de vida é tão valioso, porque jogar um fora? Comecei  – espontaneamente  – a me questionar. E te convido a fazer o mesmo.

Amores não são eternos e amizades não são para sempre, mas as lembranças destes momentos serão. A dor de perder alguém que amamos pode ser insuportável, mas as lembranças dos beijos, dos carinhos e dos bons momentos pode ser um remédio para essa dor.  Portanto, ha que se guardar coisas boas de cada história que vivemos. 

Não espere amanhã para fazer diferente, para dizer que ama, para pedir desculpas ou para estar presente. O dia de hoje pode ser o melhor dia da sua vida e você vai arriscar esperar o amanhã?  É, o filme “ Um Dia” me fez acreditar ainda mais nisso…