Poucas, mas boas: as DJs que comandaram no Tomorrowland Brasil

Pela primeira vez o Tomorrowland deixou terras belgas e veio desembarcar em terras tupiniquins.

Tudo nesse evento tem números grandiosos: cerca de 60 mil pessoas por dia (foram 3 dias de festa, faça as contas) de 69 países; o main stage tinha 130 metros de largura por 28 de altura; 178 DJs de 19 países; foram consumidos 200 mil litros de cerveja; mais de 150 atrações (comidas, lojas, etc) espalhados pelos 1.2 milhão de metros quadrados do parque.

tomorrow-700x392

Quer dizer, quase tudo lá tinha números tão grandes. Entre os 178 DJs, apenas 11 eram mulheres, sendo que das 11, apenas uma passou pelo palco principal.

Mas ainda assim é motivo de comemoração, pois elas estão ganhando espaço esbanjando profissionalismo, qualidade e ganhando terreno em um dos principais festivais de música eletrônica do mundo, tocando ao lado dos principais nomes desse cenário musical.

Esperamos, claro, que no próximo ano a edição traga mais representantes femininas, de mais lugares do mundo e com maior destaque também.

Conheça abaixo as mulheres que representaram com muito talento e estilo o gênero no Tomorrowland Brasil 2015:

Nervo

As gêmeas australianas compositoras do Nervo chegam como as únicas representantes femininas no palco principal. Não é à toa que as irmãs Mim e Liv ocuparam a 16a posição na votação do ranking da revista DJ Mag, e o hit “When Love Takes Over” conquistou logo de cara, nomes como David Guetta e Kelly Rowland.

Ale Rauen

Para começar, a curitibana Ale Rauen é uma das mais requisitadas no cenário mainstrean nacional. Com oito anos de carreira, a DJ que explora as vertentes da house music com estilo versátil, já conquistou as pistas dos maiores festivais do país, além de possuir quatro turnês internacionais na bagagem.

285285

DJ Aninha

Uma das mais respeitadas no cenário nacional e internacional, Aninha coleciona apresentações e residências que dispensam comentários. Só para citar algumas, a DJ comandou as pistas do badalado Club Vibe, em Curitiba, durante cinco anos. No respeitado Warung Beach Club, em Florianópolis, é residente desde 2005, e em 2006 seguiu para a 1a turnê mundial do club, realizada na Alemanha, Inglaterra e Espanha, onde tocou no after Circo Loco, no lendário Club DC 10.

cid_f59f7e07-9203-4bef-b9bf-1239aff8366f

Digitaria

O duo brasileiro possui Daniela Caldellas como representante da ala feminina, e tem no currículo dois álbuns lançados pelo renomado selo alemão Internacional Deejay Gigolôs, além de um EP pela gravadora Hot Creations, de Jamie Jones. A dupla possui algumas turnês internacionais e já passou pelos maiores festivais eletrônicos do planeta, como Creamfields (Brasil), Aquasella (Espanha), Rockhaus (Áustria) e Baufest (Colômbia).

djtratada2

Flow & Zeo

Marian Flow é quem dá o tom feminino ao casal Flow & Zeo, juntos há 15 anos, e tidos como uma das duplas mais carismáticas de DJs do Rio de Janeiro. Juntos, já se apresentaram nos mais variados clube do país, e fora dele, passando por cidades como, Berlin, Copenhague e Rock in Rio Lisboa.

timthumb.php

Funky Fat

É difícil definir um gênero para o quarteto mineiro Funky Fat, que tem Manu d’Álcântara como a única representante feminina. As sonoridades transitam entre os anos 80, punk rock e funk, com influências que vão de Strokes a Daft Punk, e The Knife a Martin Soveig. Não demorou para que o grupo conquistasse fama internacional através do EP Jealousy, lançado pela Hot Creations, e que rapidamente foi parar nas cases de grandes nomes da cena, como Jamie Jones, Sasha, Phonique e Solomum.

funkyfat-5

Karol Conká

Considerada uma das principais representantes do cenário hip hop feminino, a curitibana Karol Conká chega para somar forças ao projeto Tropikillaz, formado pelos DJs Zegon e Laudz, que se apresentam ao lado dos também MCs Cachorro Magro e Dan Cesão.

cnkaqu0qpei8p8qlx87yu43cy

Samhara

Destaque por onde passa, não somente pela beleza e sensualidade, mas pelo feeling de entender a pista e comandá-la como ninguém, a DJ mineira em apenas três anos já coleciona gigs nos mais importantes e badalados
clubs e festivais do país, sempre ao lado de grandes nomes do cenário nacional e internacional.

maxresdefault

Morgana

A DJ paulista é uma das residentes do Mousiki Club, em Maringá e aposta no deep e tech house como forma de transmitir seu envolvimento com a pista.

dj-morgana-el-hombre-1

The Drone Lovers

O trio formado pelo DJ Davis Genuino, pelo multi instrumentista e produtor Pedro Zopelar e pela cantora e compositora Érica Alves, mistura house music com linhas de baixo, pianos e guitarras do rock, e elementos espaciais da disco. O projeto é mais uma aposta da plataforma Skol Music, através do selo Ganzá, e chega para apresentar o novo EP Silence.

IMG_0508

VCO Rox

O duo capitaneado pelo produtor Dudu Marote, responsável pelo selo Ganzá, possui a DJ Paula Chalup como a mais antiga representante do universo feminino. A dupla está acostumada a embalar as principais pistas do país, com transições que variam entre o house e o techno, e sets que vão do warm up aos after hours.

DE-Agency-PK-vco_rox-002

Ana Victorazzi

Jornalista

Apaixonada por café, cor laranja e animais. Formada em jornalismo e mãe de dois gatos, acredita na bondade das pessoas.