Que tal uma aula sobre igualdade de gêneros com a Angelina Jolie?

Em 2015, a atriz, diretora, roteirista, ativista e mãe Angelina Jolie (40), juntamente com o político britânico William Hague, criaram o Centro para Mulheres, Segurança e Paz, na London School of Economics.

O espaço nasceu após um trabalho em conjunto dos dois na Iniciativa de Prevenção da Violência Sexual em Conflitos (PSVI), em 2012.

E na última semana, a instituição anunciou que, a partir de 2017, Jolie será uma das professoras convidadas do mestrado tratando sobre temas como direitos das mulheres, igualdade de gêneros, paz e segurança mundial.

“É essencial que ampliemos a discussão sobre como avançar e melhorar os direitos das mulheres afim de acabar com a impunidade de crimes que afetam numa magnitude desproporcionalmente maior as mulheres, como a violência sexual em situações de conflito”, afirma em comunicado da Universidade.

Além de aulas, vai ministrar palestras, grupos de leitura, workshops e outros eventos, onde vai compartilhar sua experiência  na luta junto a mulheres refugiadas.

“Eu estou bastante encorajada pela criação deste programa. Eu espero que outras instituições acadêmicas sigam este exemplo, já que é vital que nós amplifiquemos as discussões em como podemos avançar nos direitos para as mulheres e acabar com a impunidade para crimes que, desproporcionalmente, atingem mulheres, como violência sexual em conflitos (guerras). Eu estou ansiosa para ensinar e aprender com os estudantes e também compartilhar minhas experiências trabalhando com governos mundiais e as Nações Unidas”, disse Angelina em comunicado à imprensa.

angelina-jolie-black-and-white-gif-perfection-smile-Favim.com-374540

Redação

Produzido por uma equipe cheia de Planos para compartilhar.